Bento XVI: doutoramentos honoris causa para Papa Emérito

2015-07-04 Rádio Vaticana

O Papa Emérito Bento XVI está a passar alguns dias na Residência Pontifícia de Castel Gandolfo e foi ali que recebeu das mãos do Cardeal Stanisław Dziwisz, arcebispo de Cracóvia, dois títulos de doutoramento “honoris causa” em nome dos reitores da Academia Musical de Cracóvia e da Pontifícia Universidade Pontificia João Paulo II, instituída por Bento XVI a 19 de junho de 2009.

Esta condecoração, disse o Cardeal Dziwisz, “representa a gratidão destas duas instituições pela grande estima que Bento XVI sempre nutriu para com S. João Paulo II” e também “pelo seu serviço Pontifício e grande herança da sua doutrina e benevolência”.

Por sua vez, o Papa emérito expressou seu vivo apreço e reconhecimento pela Condecoração a ele conferida, que reforça a sua profunda ligação com a Polónia, pátria do grande santo João Paulo II, do qual foi íntimo colaborador: “Sem ele, o meu caminho espiritual e teológico nem pode ser imaginado” afirmou Bento XVI.

O Papa Emérito referiu-se ainda à música expressando as três fontes da música: “a experiência do amor, a experiência da tristeza e o encontro com o divino.”

Falando de sua experiência pessoal, o Papa emérito afirmou que “no âmbito das culturas e das religiões mais diferentes encontramos uma grande arquitetura, pinturas e esculturas, mas também uma grande música. Contudo, em nenhum outro âmbito cultural há uma grandeza musical que possa se comparada com aquela nascida no âmbito da fé”.

A música ocidental, explicou Bento XVI, é uma coisa única e incomparável com outras culturas, e apresentou como exemplo, Bach, Händel, Mozart, Beethoven, Bruckner: “A música ocidental supera de sobremaneira o âmbito religioso e eclesial. Todavia, ela encontra a sua fonte mais profunda na liturgia e no encontro com Deus. A resposta da grande e pura música ocidental desenvolveu-se no encontro com Deus, que, na liturgia, se torna presente em Jesus Cristo”.

Bento XVI concluiu seu pronunciamento dizendo que “as duas universidades, que lhe conferiram este doutoramento “honoris causa” representa uma contribuição essencial, para que o grande dom da música, que provém da tradição da fé, não se dissipe”.

Originalmente publicado aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s