Bolsa Família não foi criada por Lula e muito menos pela Dilma Rousseff

memoria

Foto Geraldo Magela/Agencia Senado

Em seu dircurso de despedida do Senado Federal, em 17/12/2014, o então senador petista Eduardo Suplicy corrigiu uma injustiça que vinha sendo praticada Brasil afora, esclarecendo uma ‘grande mentira’ que já estava se tornando uma ‘grande verdade’ nacional.

O petista Eduardo Suplicy afirmou da tribuna do senado federal que o programa social do governo federal denominado “Bolsa Familia” foi criado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, desmentindo que tenha sido criado por Lula e o PT. Veja, abaixo, a parte do editorial do site Diario do Poder de 19/12/2014 na qual o senador petista Eduardo Suplicy se refere ao “Bolsa Familia”:

“Ontem, em seu discurso de despedida do Senado,  o petista Eduardo Suplicy, com sua candura habitual, desmentiu também que coubesse a Lula  a paternidade sobre o Bolsa Família, o principal programa de transferência de renda do País. O senador  lembrou que apresentou um projeto estabelecendo uma renda básica mínima universal em 1991 e que seis anos depois, em 1997, o presidente FHC passou a financiar 50% dos programas municipais e estaduais  desta natureza. Em 2001, Fernando Henrique lançou o Bolsa-Educação, o Bolsa-Alimentação e o Vale Gás. Suplicy disse o que todos já sabemos: Lula unificou os programas existentes em 2003 e os ampliou, quadruplicando o número de beneficiários entre 2003 e 2014. Como é natural em qualquer programa: é criado, começa e vai se expandido. Aliás isso vale tanto para bem o como para o mal, vide a corrupção na Petrobras: foi criada, avançou, virou metástese e está matando a empresa”.

Também o site Valor Economico em reportagem sobre a despedida de Eduardo Suplicy do Senado Federal registra a fala do petista sobre o “Bolsa Familia”. Veja abaixo:

Abaixo, texto de reportagem do Valor Economico sobre a despedida de Eduardo Suplicy:

“Suplicy também procurou tirar do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a paternidade sobre o Bolsa Família, o principal programa de transferência de renda. O senador petista lembrou que apresentou um projeto estabelecendo uma renda básica mínima universal em 1991. Em 1997, o então presidente Fernando Henrique Cardoso passou a financiar 50% dos programas municipais e estaduais  desta natureza. Em 2001, Fernando Henrique lançou o Bolsa-Educação, o Bolsa-Alimentação e o Vale Gás. Suplicy frisou que Lula unificou os programas existentes em 2003 e os ampliou, quadruplicando o número de beneficiários entre 2003 e 2014”.

Nota do diretor-editor do The Brazilian Post, jornalista Antonio Carlos Lacerda:- Então, pelo que se conclui do que foi dito pelo Diario do Poder e pelo Valor Economico, a insistente divulgação em todo Brasil de que o programa Bolsa Familia e outros programas sociais como vale gás e vale alimentação do governo federal é do Lula, é do seu partido, o PT, é da presidente Dilma Rousseff é uma grande farsa nacional. Aliás, mais uma farsa nacional.

Originalmente publicado aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s